top of page
Buscar
  • barauceds

07 comportamentos que indicam que o seu perfeccionismo pode estar te paralisando

(Imagem: eamesbot via vecteezy)

Tá difícil sair do lugar, minha filha?


Já parou para pensar que isso que você chama de "padrão alto" pode ser perfeccionismo, e que é esse perfeccionismo que não te deixa sair do lugar?


Hoje eu trouxe algumas situações que indicam que você pode estar sendo paralisada pelo seu perfeccionismo mesmo sem perceber.


1) Você perde tempo demais planejando a tarefa

Ao se deparar com uma tarefa, você fica horas pensando em todos os detalhes dela, todas as mil e uma formas nas quais você poderia realizá-la, e inclusive chega a idealizar uma forma perfeita que ela deveria ter ao final. Tudo isso no seu pensamento, sem passar para o papel ou começar a fazer de algum jeito.


2) Você vê qualquer tarefa como algo grande e complexo

Justamente devido aos padrões inatingíveis que você atribuiu àquela tarefa, e todo o planejamento baseado nos mínimos detalhes que você idealizou em pensamento, aquilo que você precisa realizar se torna um monstro dentro da sua cabeça: é como se toda tarefa se tornasse grande demais para ser realizada, exigindo muito de você.


3) Você não consegue colocar no papel todo o seu planejamento

Na hora de tentar colocar no papel, parece que não existem palavras ou uma forma que consiga traduzir tudo aquilo que você pensou e planejou sobre a sua tarefa. Ou até existe, mas com certeza vai virar uma lista de coisas inatingível que você não quer ou até não consegue encarar.


4) Você tem muita dificuldade na hora de iniciar a tarefa

Ao se deparar com toda essa complexidade que você atribuiu à tarefa, você tem muita dificuldade na hora de começar a executar. Como você precisa da versão perfeita daquilo, e isso precisa acontecer desde o início, então dar o primeiro passo é sempre muito desgastante, e às vezes parece até impossível.


5) Você sofre para terminar a tarefa, e fica revisando mil vezes

(Imagem: dephositphotos)

Você até consegue colocar a mão na massa e fazer as coisas, mas na hora de finalizar... é uma tortura! O processo de revisão se torna algo nada saudável, e parece que tudo o que você fez está errado e precisa de ajustes. Depois de refazer tudo várias vezes, a angústia toma conta já que nunca fica bom.




6) Por conhecer todo esse processo, mesmo que de forma inconsciente, você procrastina

A maioria dos perfeccionistas é rei na arte de procrastinar. Como seus padrões são extremamente altos, e que todo o processo para realizar uma atividade exige muito de você, a procrastinação se torna uma defesa. E aí além de sofrer pelo perfeccionismo, você sofre por procrastinar também. (Haja sofrimento!)


7) Você vive desistindo de fazer as tarefas (de forma consciente, ou não)

Em casos mais extremos, é bastante comum que, por saber de toda essa angústia envolvida ao realizar uma tarefa, a autossabotagem entre em ação. Consciente ou inconscientemente (sem perceber), você desiste de realizar aquela tarefa, já que os padrões atribuídos a ela são inatingíveis. Quem não faz, não erra, certo? E claro… você fica se sentindo um lixo após isso!


Se identificou com mais de um ítem?

Preste atenção, pois provavelmente o seu perfeccionismo está te paralisando! Entenda de onde ele vem, e busque estratégias para enfrentá-lo, para que ele não te prejudique a longo prazo!

Dica de ouro: a psicoterapia pode ser uma ótima aliada nisso!


Com carinho,

Dominique S. Barauce

Psicóloga

CRP 08/25857


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page