top of page
Buscar
  • barauceds

Precisamos URGENTEMENTE parar de romantizar a sobrecarga

(Imagem: freepik)

Vivemos na era da romantização da sobrecarga.


É como se o bonito agora fosse trabalhar desde a hora que acorda até a hora de dormir, sem horário de almoço ou intervalo, usando cada minuto que se tem para "produzir".


Fins de semana? São utilizados para estudar alguma coisa ou fazer algo que complemente a renda. Afinal, a gente tem que ser útil, né?


Mas útil pra quem? O que é ser útil?


Sinto que estamos cada vez mais convencidos de que precisamos sofrer para ter. Mas ter o quê?


E o que mais me pega, é que a gente faz tudo isso em nome de um suposto sucesso profissional e financeiro, como se a vida se resumisse a isso. Não se permite falhas, pausas ou trocas de caminho. Aliás, não se permite nem aproveitar o caminho: corremos em direção a um fim completamente idealizado.


É como se ao parar para descansar num dia em que estamos exaustos, a gente tivesse jogando fora todo o nosso futuro.


Eu fico me perguntando o que resta ao chegar nesse futuro - se algum dia ele chegar.


E sim, eu questiono a chegada dele, pois pela minha experiência clínica e de estudo, eu sei bem que o desejo é na verdade de desejar, e que a gente sempre vai querer mais. É difícil se contentar.


A busca pela completude é desesperadora, e muitas vezes o alívio está em saber viver com a sua falta.


Não consigo deixar de pensar em tudo o que se perde ao não aproveitar o caminho. Ao não viver o hoje em prol de um futuro que ninguém sabe se vai chegar.


Até porque, essas filosofias de vida orientadas à produção costumam levar a grande maioria das pessoas a um fim comum - e este é bem diferente do esperado. O que realmente se encontra no fim, é o sofrimento. E quando não se olha o percurso, a chance de não perceber que a vida tá chegando nesse rumo é bem grande.


E é por isso que eu me faço presente aqui. Pra te lembrar de que você e a sua vida são muito mais do que o seu trabalho.


Não caia nessa conversa de que depois que você atingir determinada coisa, você vai viver. Viva desde já. Corra sim atrás de seus objetivos, mas não esqueça que você precisa ter um mínimo de saúde física e mental para poder aproveitá-los quando alcançar.


Não abra mão da sua vida em nome de um suposto sucesso. Não romantize a sobrecarga.


Com carinho,

Dominique S. Barauce

Psicóloga

CRP 08/25857


55 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Rafael Xavier
Rafael Xavier
Sep 04, 2023

Adorei o texto, é verdade que se não aproveitarmos o caminho e vivermos o agora, nunca seremos realmente felizes e realizados, trabalho e estudos são importantes, mas não são tudo na vida.

Like
barauceds
Sep 11, 2023
Replying to

Fico feliz que gostou, Rafael! É isso mesmo: o trabalho é apenas uma parte de nossas vidas, e não o todo!

Like
bottom of page